Como começar a vender na Amazon: Guia 2024

por | 6 de março de 2024 | Marketplaces

O que você vai encontrar nesse artigo?

Vender na Amazon Marketplace é um processo simples e que oferece aos empreendedores novas oportunidades de atingir um público amplo e diverso que a marca possui, o que possibilita maior faturamento e vendas.

Ao vender on-line, há inúmeros canais de vendas que podem auxiliar os empreendedores a alcançar mais clientes, como os marketplaces, que possibilitam que vendedores tenham suas lojas em grandes marcas do mercado. 

Um deles é a Amazon, uma empresa consolidada no Brasil e no mundo inteiro, a qual possui milhões de acessos por mês e que traz inúmeros benefícios para quem vende em sua plataforma.

Neste conteúdo, você verá como é possível vender na Amazon, quais os valores para comercializar seus produtos por lá e muito mais. Portanto, tenha uma boa leitura e anote tudo que precisar!

O que é o Amazon Marketplace?

O Amazon Marketplace é uma plataforma on-line que oferece a oportunidade para vendedores listarem e comercializarem os seus produtos ao lado dos itens vendidos diretamente pela Amazon, ou seja, é como um shopping virtual.

O marketplace permite que empresas de todos os portes, assim como indivíduos, alcancem a ampla base de clientes que visitam a Amazon e que buscam uma variedade de produtos.

Ao utilizar o Amazon Marketplace, os vendedores podem tirar proveito da infraestrutura de vendas da marca, além dos potenciais clientes, processamento de pagamentos e logística.

A plataforma proporciona uma oportunidade única para empreendedores expandirem seus negócios e alcançarem um público mais amplo, sem a necessidade de criar uma plataforma de vendas própria, caso ainda não possua.

Por que vender na Amazon? E quais são as vantagens de vender no marketplace?

Vender na Amazon tem se tornado uma estratégia cada vez mais popular entre os empreendedores que vendem on-line e desejam aumentar seus canais de venda. 

De acordo com dados da Conversion de janeiro de 2024, a Amazon está em segundo lugar no ranking de e-commerces mais acessados do Brasil, tal como o segundo em market share — fatia de mercado — no país. Uma razão a mais para se considerar vender em seu marketplace.

As vantagens de vender no marketplace da Amazon são diversas, como será mostrado a seguir:

  • Acesso a uma grande base de clientes: a Amazon conta com milhões de visitantes ativos em todo o mundo, dessa maneira, abre um mar de oportunidades para os vendedores, pois lhes oferece acesso a uma ampla base de potenciais clientes de diferentes nichos de mercado.

  • Facilidade de uso: a plataforma da Amazon é intuitiva e fácil de usar. A interface de usuário é projetada para ser simples, o que torna a listagem de produtos, gerenciamento de inventário e processamento de pedidos um processo direto. Mesmo aqueles que são iniciantes na venda pelo e-commerce podem navegar sem dificuldades pelo sistema.

  • Confiabilidade: a Amazon é uma marca globalmente reconhecida e confiável, o que significa que os clientes estão mais propensos a se sentir confortáveis comprando de vendedores da plataforma do que em outros lugares.

  • Ferramentas de marketing: a Amazon fornece aos vendedores uma variedade de ferramentas de marketing, que incluem recursos como seu ads (anúncios pagos dentro da plataforma), que podem ajudar a aumentar a visibilidade dos seus itens e atrair mais clientes, entre outras possibilidades.

  • Fulfillment by Amazon (FBA): através do programa FBA, a Amazon pode cuidar de todos os aspectos relacionados à logística de seus vendedores. O que inclui armazenamento de produtos, embalagem, envio, atendimento ao cliente e processamento de devoluções.


    Dessa maneira não apenas economiza tempo e esforço para os empreendedores parceiros, mas também garante que os clientes recebam um serviço de alta qualidade.

Quem pode vender na Amazon? E o que é preciso para vender no marketplace?

Tanto pessoas físicas quanto jurídicas, com CPF ou CNPJ válidos, podem vender na Amazon. 

A plataforma não exige que o anunciante tenha contratos sociais ou outros documentos desse tipo, o que torna o processo de cadastro muito prático.

A Amazon oferece uma oportunidade para qualquer pessoa ou empresa que atenda aos seguintes requisitos:

  • CPF ou CNPJ válido: como dito, seja você um indivíduo ou uma empresa, é necessário ter um número de identificação válido.

    💡 Saiba mais sobre em: Vender por CPF ou CNPJ nos marketplaces? Qual é a melhor opção para iniciar minha loja virtual?

  • Conta de e-mail: uma conta de e-mail ativa é essencial para se comunicar com a Amazon e receber suas notificações.

  • Conta bancária: você precisará de uma conta bancária para receber pagamentos pelas vendas realizadas.

  • Cartão de crédito internacional do titular: a Amazon usa o cartão de crédito para verificar a autenticidade da sua conta, cobrando uma pequena taxa (geralmente R$1,00) como parte desse processo.

Documentos necessários para vender na Amazon

Além disso, para vender no Amazon Marketplace é preciso que se mande os seguintes documentos e requisitos adicionais:

  • Nome, celular, e-mail e informações da sua loja — como razão social e nome fantasia.
  • Nota fiscal: é obrigatória a emissão de Nota Fiscal Eletrônica ou avulsa para todos os produtos vendidos por vendedores profissionais;
  • Upload de produtos: fazer upload dos produtos que deseja vender;
  • Códigos de identificação de produto: ter GTIN/UPC/EAN/ISBN válidos junto à GS1 ou à ISBN, dependendo da categoria;
  • Detalhes da oferta: incluir preço, condição do produto (novo, usado ou de colecionador), quantidade disponível, opções de envio, etc.;
  • Detalhes do produto: nome, marca, categoria, descrição, imagens, etc.;
  • Palavras-chave e termos de busca: para ajudar os clientes a encontrar o produto;
  • Performance do vendedor: manter índices de pedidos com problemas abaixo de 1%, envios tardios abaixo de 4% e taxa de cancelamentos antes do envio abaixo de 2.5%;

Quanto custa para vender na Amazon?

Os valores para vender na Amazon podem variar de acordo com a categoria do produto, do plano do vendedor ou mesmo do valor da mercadoria.

Primeiro, vamos falar sobre os dois planos existentes para vendedores, que são necessários ao se cadastrar na plataforma:

Planos para vendedores na Amazon:

1. Plano Individual

  • O plano individual não cobra mensalidade;
  • Possui um custo fixo de R$2,00 por produto vendido;
  • Além do custo fixo, há mais a comissão do produto que pode variar entre 9% a 15%;
  • O vendedor tem acesso aos treinamentos gratuitos, suporte e recebimento à vista pelas compras parceladas;
  • Ideal para quem vende como pessoa física (CPF).

2. Plano Profissional

  • O plano profissional tem tarifa de R$19,00 por mês;
  • Não tem cobranças de taxas fixas;
  • Acesso ao programa de logística da Amazon;
  • Todos os acessos do plano individual;
  • Ideal para pessoas jurídicas, que usam CNPJ, desde pequenas a grandes empresas — além de MEI;
  • Possibilidade de utilizar ferramentas de anúncios e promoções, integradores, relatórios de vendas, funcionalidades avançadas, entre outras.

Valores das comissões para vender na Amazon

As comissões, ou seja, as taxas cobradas por cada venda, na Amazon são calculadas em relação ao preço final do produto para o consumidor e têm um o valor mínimo de R$1,00.

CategoriasPorcentagens de comissão
Roupas e acessórios15%
Sapatos e óculos escuros15%
Bagagem, bolsas e acessórios de viagem15%
Relógios15%
Joias15%
Livros15%
TV, áudio e cinema em casa10%
Eletrônicos portáteis13%
Celulares13%
Câmera e fotografia13%
Acessórios para eletrônicos e para PC15% até R$ 100,00
10% acima de R$ 100,00
Videogames e consoles13%
Casa14%
Reforma de casa14%
Cozinha13%
Computadores12%
Papelaria e escritório14%
Esportes, aventura e lazer13%
Eletrodomésticos de linha branca10%
Móveis15% até R$ 200,00
9% acima de R$ 200,00
Brinquedos e jogos12%
Produtos para bebês12%
Saúde e cuidados pessoais11%
Beleza13%
Produtos de beleza de luxo14%
Produtos para cuidados pessoais12%
Plantas e jardim12%
Vídeo e DVD15%
Música15%
Instrumentos musicais e acessórios15%
Peças e acessórios automotivos12%
Pneus e rodas10%
Produtos para animais de estimação12%
Comidas e bebidas9%
Bebidas alcoólicas10%
Indústria e Ciência (que incluem Serviços alimentícios e Manutenção e higiene)13%
Outros15%

Para mais informações, é possível acessar a tabela de tarifas da própria Amazon.

Como começar a vender na Amazon Marketplace

Depois de estudar qual será o melhor plano para você e as comissões para seus produtos, agora, para começar a vender no marketplace da Amazon, siga as seguintes etapas:

1. Cadastro na Amazon

O primeiro passo é criar uma conta de vendedor na Amazon. Primeiro, acesse a página e clique no “comece a vender” e, depois, entre com login e senha.

Como dito, você pode usar seu CPF para se cadastrar, não é necessário ter um CNPJ, mas, lembre-se, ser pessoa física/plano individual limita muito as suas vendas.

Acesse o Seller Central da Amazon e preencha os dados de cadastro, incluindo nome da empresa, endereço, número de telefone, cartão de crédito e CPF/CNPJ.

Print da página de cadastro de vendedor na Amazon

2. Conheça o Seller Central

Familiarize-se com a plataforma do Seller Central. É onde você gerenciará suas vendas, estoque, preços e outras configurações.

3. Cadastre seus produtos

Faça o cadastro dos produtos que deseja vender. Inclua informações detalhadas, como título, descrição, imagens e preço.

Certifique-se de seguir as regras e diretrizes da Amazon para listagem de produtos.

4. Configure o frete

Defina as opções de frete para seus produtos. Você pode usar o Fulfillment by Amazon (FBA), que dizemos mais acima, ou gerenciar o envio por conta própria.

5. Tenha preços competitivos

Analise os preços dos produtos similares no marketplace e defina preços competitivos para atrair compradores.

6. Esteja preparado para os seus pedidos

Agora, você deve esperar pelos seus primeiros pedidos que virão da Amazon, e, assim, organizar sua operação para fazer todo o processo de expedição de maneira eficaz e ter mais destaque no marketplace. 

7. Atendimento ao cliente e pós-venda

Esteja preparado para responder a perguntas dos clientes e fornecer um bom atendimento pós-venda.

Dicas rápidas para vender na Amazon

Para se ter um bom desempenho na Amazon, é preciso mais do que somente estar no marketplace, mas sim boas práticas para melhorar a sua performance:

Fique de olho em suas métricas

Acompanhe todas as suas métricas na plataforma, como número de pedidos com taxa de cancelamento, devoluções, trocas e atraso na entrega dos produtos. Além de métricas de vendas e sua margem de lucro e faturamento.

Dessa maneira, você poderá ficar atento à efetividade de suas ações promocionais e de preço e as adaptar para ter melhores resultados.

Promova seus produtos

Aproveite para utilizar as ferramentas de marketing da Amazon. Faça promoções e anúncios patrocinados para aumentar a visibilidade dos seus produtos e estar à frente de seus concorrentes no mecanismo de busca do marketplace.

Utilize um hub de automação para melhorar sua gestão

Um hub de automação permite que você possa fazer a gestão de sua loja tanto na Amazon quanto em outros marketplaces de maneira centralizada. 

O software há funcionalidades que auxiliam na precificação — a realizando de maneira automática —, acelera o processo de expedição, importa e exporta anúncios entre marketplaces, além de muitas outras soluções que facilitam o dia a dia do empreendedor.

Vale a pena vender na Amazon?

Mão segurando smartphone com a tela ligada no aplicativo da Amazon

A Amazon possui inúmeras vantagens para quem deseja iniciar vender on-line ou expandir seus canais de vendas, portanto, vale sim a pena vender na plataforma. 

A empresa constantemente tem incentivos para quem deseja começar a vender pelo seu marketplace, dando descontos ou comissão zero no primeiro ano, o que garante maior lucratividade até que sua loja ganhe maior espaço.

Deseja vender na Amazon e em outros marketplaces? Nós, da Magis5, temos a solução para você ter maior assertividade, organização e performance em suas vendas através de nosso hub que automatiza suas tarefas e deixa sua gestão muito mais simples. Conheça a Magis5 e todos os seus benefícios.

Não fique de fora de nenhum conteúdo

Receba novidades

CATEGORIAS

3

E-commerce

3
EMPREENDEDORISMO
3

Ferramentas e Materiais

3

Logística

3

Magis5

3

Marketplaces

3

Transformação Digital

Veja também

Mais lidos

Janiel Bruno Brasil

Janiel Bruno Brasil

Redator de Conteúdo e Copywriter na Magis5, apaixonado por escrever e entregar conteúdo criativo. Para entrar em contato com Janiel, envie um e-mail a: janiel.brasil@magis5.com.br
Não fique de fora de nenhum conteúdo

Receba novidades