O Dia das Mães é comemorado no 2º domingo de Maio, sendo a segunda data sazonal com maior demanda no comércio brasileiro, ficando atrás apenas do Natal.

Consequentemente, sua atuação no e-commerce tem crescido gradualmente. Em 2020, o faturamento cresceu 117%, chegando a bater R$ 6,02 bilhões, segundo dados do Compre&Confie, parceiro da Social Miner.

Ainda de acordo com o estudo, as mulheres foram responsáveis por mais de 50% das compras.

Em decorrência dessa taxa de crescimento exorbitante na demanda do Dia das Mães, trouxemos 5 dicas para aproveitar ao máximo esse período para aumentar o faturamento do seu e-commerce.

Veja a seguir!

1. Criação de kits personalizados

Durante datas sazonais, não exclusivamente para o Dia das Mães, alguns produtos ficam em destaque e tem sua procura aumentada.

Em Maio, portanto, alguns produtos e serviços, em evidência, chamam mais a atenção dos consumidores por terem ligação simbólica com a data, como jantares, flores, jóias e chocolates.

Se o seller possuir uma loja que possa fornecer essa demanda ao consumidor, criar kits e cestas de produtos – como chocolates com ursos de pelúcia – ou facilitar o acesso a serviços mais completos por um valor levemente superior – como disponibilização de jantares com sobremesa ou garrafa de vinho inclusa – é uma ótima ideia para aumentar o ticket médio.

No entanto, se o seller não possui uma loja que venda esses produtos ou serviços, a dica de ouro é procurar por parcerias com lojas de segmentos diferentes para proporcionar uma boa experiência ao cliente.

O que são essas parcerias?

Essa prática é, simplificadamente, uma ação de co-marketing com outra empresa que não seja concorrente do seu negócio, a fim de criar kits de produtos e induzir a venda no Dia das Mães.

O segmento de produtos de beleza, por exemplo, foi o 2º mais buscado por consumidores em 2019 para presentear as mães em Maio, segundo estudo da consultoria GFK em parceria com a Vivo Ads, e costuma se manter entre as tendências de consumo corriqueiramente.

Logo, entrar em contato com alguma fornecedora para criar kits de produtos com um perfume ou sabonete é um imenso diferencial.

A negociação com o fornecedor pode ser feita a partir de uma porcentagem sobre a demanda.

Se a procura for muito grande, ainda compensa, para o seller, comprar parte dos produtos para o kit em redes de atacado ou diretamente com o fabricante.

Lembre-se dos cartões personalizados com a logo do negócio

carta personalizada 01 01

Nos kits de produtos, enviar cartões é uma prática essencial para deixar a experiência mais íntima, além de possibilitar a escrita de mensagens personalizadas pelos compradores.

Para que sua marca esteja presente em todas as fases de compra, até o unboxing, certifique que os cartões possuem sua logo.

Dessa forma, a pessoa presenteada vai poder sentir a presença de sua marca, enquanto lê algo íntimo e especial.

2. Manter o estoque correspondente à demanda

Para uma melhor explicação, vamos dividir em duas categorias: 

  • Avaliação do limite da produção física;
  • Negociação com fornecedores.

Avaliação do limite da produção física

Se o seller é responsável, diretamente, pela produção da mercadoria, é importante avaliar o volume máximo que seu espaço físico suporta produzir.

Por exemplo, se um grupo de artistas consegue produzir 5 esculturas por dia, para vender no Elo7, não é possível vender mais do que 35 produtos por semana.

No entanto, às vezes a demanda pode superar esse valor.

Por isso, é importante analisar a projeção dessa demanda em datas como o Dia das Mães, já que, se a procura for muito alta, o seller pode optar por aumentar a mão de obra e/ou alugar um segundo ambiente para conseguir produzir mais produtos.

Mas cuidado!

É preciso analisar minuciosamente o cenário e ver se o valor desse aumento na demanda é superior ao investimento necessário (contratação de pessoas ou aluguel de um novo espaço físico).

Senão, o prejuízo é certo e você pode ter problemas na expedição!

Negociação com fornecedores

Se o seller depender de fornecedores para garantir seu estoque, é importante rever o envio dos produtos previamente.

Em grande parte das vezes, os fornecedores oferecem suas mercadorias para diversas empresas simultaneamente.

Portanto, em datas sazonais com grande aumento de demanda, muitas dessas empresas aumentam significativamente seus pedidos, podendo sobrecarregar o fornecedor.

Por isso, buscar negociar o tráfego dos produtos o mais breve possível garante maior segurança para o processo de venda.

3. Fazer uma comunicação subjetiva

O Dia das Mães é uma data cercada de significados muito íntimos.

As pessoas usam da data para falar ativamente sobre o amor fraternal e reativar as relações cotidianas, com base no afeto e cumplicidade.

Por isso, para atingir o público de forma assertiva, é preciso falar a mesma língua que ele.

Lojas que se comunicam de forma mais subjetiva, sem tantas formalidades, acabam chamando a atenção do consumidor para seu produto.

No final, a compra pode, até mesmo, ser efetuada nem pelas conformidades físicas do produto, mas pela forma como ele foi apresentado.

O storytelling é uma ferramenta excepcional que deve ser explorada nesta data!

Storytelling? O que é isso?

Sinteticamente, é a arte de contar histórias.

Em publicidade, é utilizado na criação de campanhas subjetivas, que não pretendem mostrar, exclusivamente, as especificações do produto, mas inseri-lo em uma realidade fantasiosa e dramática.

A prática pode ser demonstrada, até mesmo, em postagens nas redes sociais.

Por exemplo, ao invés de postar uma pulseira de prata e sua descrição técnica em uma postagem durante o dia das mães; o seller pode planejar uma história de uma mulher sem condições financeiras que sempre sonhou em ter uma jóia de prata específica, ela então se depara, no Dia das Mães, com uma fotografia de sua filha, a qual precisou ir para outra cidade buscar uma qualidade de vida melhor e não visita a mãe tem uns meses. A filha então toca a porta de surpresa, ainda no Dia das Mães, com uma caixa em suas mãos, dentro da caixa estava a jóia que a mãe sempre sonhou.

Essas histórias emocionam e, além disso, convencem, ainda mais quando são utilizadas em circunstâncias que pedem uma abordagem mais pessoal.

4. Personalizar os produtos

A personalização dos produtos é uma das tendências do e-commerce em 2021.

Em datas sazonais, como o Dia das Mães, em que há bastante concorrência ativa, é importante ter um produto que se destaque dentre muitos semelhantes.

Algumas lojas já costumam fornecer uma experiência de usuário que permite ao cliente escolher vários elementos do produto exposto, que será confeccionado exclusivamente para ele.

Uma loja de roupas, por exemplo, pode permitir que o cliente escolha a cor da parte superior e inferior de um vestido separadamente; ou, ainda, permitir que o cliente escolha as partes de um buquê exclusivo e único pelo site.

Esse destaque pode, ainda, ser impulsionado nas redes sociais, criando verdadeiras vitrines online no Instagram, por exemplo.

Se a empresa possuir um bom fluxo de caixa e muito dinheiro para investir em marketing, pode, ainda, contratar influenciadores digitais para expor os produtos personalizados.

Durante o Dia das Mães, é interessante se ater às mulheres que falam ativamente sobre maternidade em suas redes sociais. Trouxemos alguns exemplos.

Influenciadoras digitais que falam sobre maternidade

5. Tomar cuidado (como nunca!) com prazos

Como já apontado no item 3 dessa lista, os produtos são presentes que carregam uma alta carga emocional.

Aliás, como em outras datas sazonais, se o produto chega após o dia da comemoração, o impacto do produto é menor e pode gerar uma frustração no consumidor. Por isso, se em dias normais, atrasar a entrega já é um erro, no Dia das Mães é uma catástrofe.

Para quem vende pelo Mercado Livre e tiver uma boa reputação, pode optar pelo Mercado Envios Full, o fullfilment do Meli. Dentre algumas funções do serviço estão:

  • Armazenamento do estoque: o seller fica responsável por enviar os produtos para os armazéns, onde serão armazenados os produtos;
  • Envio dos produtos vendidos: o fullfilment separa a demanda e envia os produtos para o consumidor.
Hacks Mercado Livre

Em datas sazonais que possuem tamanha demanda, em que é preciso disparar anúncios em massa nos marketplaces e ter uma expedição extremamente rápida, um Hub de Integração é bem útil e assertivo.

Com ele, é possível automatizar a expedição e controlar todos os anúncios de um só lugar.

Já pensou em uma plataforma que ajudasse o seller a automatizar os processos de venda?

Conheça o Magis5, um hub de integração e automação que ajuda na gestão do seu negócio nos marketplaces.

Dentre as funcionalidades do Magis5, estão:

  • Automação da expedição;
  • Cadastro de múltiplos CNPJs em um só dashboard;
  • Criação e postagem de anúncios de produtos e kits;
  • Emissão de relatórios;
  • E muito mais!

Em datas com tamanha demanda, como o Dia das Mães, fazer disparos em massa manualmente é praticamente impossível.

Por isso, o Magis5 apresenta essa solução para te ajudar a vender e aproveitar ainda mais todas as oportunidades que as datas sazonais oferecem para o e-commerce.

Preparados para aumentar o faturamento em 2021? Fale com um especialista!

Quer se lembrar das demais datas sazonais importantes deste ano? Ainda dá tempo de baixar nosso calendário do e-commerce de 2021, em parceria com a Olist.

instituto dona de si

Comentários

Vitor Lima

Vitor Lima

Vitor é CEO do Magis5 e fundou a plataforma depois de ter problemas nas entregas dos seus pedidos nos marketplaces. Vitor é especialista em tecnologia, e-commerce e é apaixonado por inovação e startups