Se você administra qualquer tipo de empresa, seja ela um e-commerce ou não, você deve realizar um planejamento estratégico, mapear sua concorrência, fazer análises estratégicas e diversas outras ações para conseguir gerir bem o seu negócio.

Por isso, criamos este conteúdo para que você saiba quais são as principais métricas para e-commerce e quais as principais ferramentas que você pode utilizar para medir elas. Confira!

Métricas para e-commerce

O conceito de métricas pode ser definido como resultados compostos por números ou dados qualitativos que uma obtêm relacionados diretamente a sua performance de estratégia.

Uma das grandes dúvidas que existem é: “as métricas para e-commerce são muitos diferentes das que são utilizadas para outros modelos de negócios?”. 

A resposta é: depende. Pois, existem métricas que são universais para qualquer tipo de negócio, como, faturamento, ticket médio, despesas, margem líquida, entre outras

Quando estamos aplicando essas métricas em um e-commerce, esses dados podem estar relacionados a várias áreas do negócio como marketing, administração, financeiro, logística e de tecnologia.

Contudo, cada modelo de negócio possui principais métricas específicas, já que eles funcionam de maneira diferente. Além disso, cabe ressaltar que existem algumas métricas para e-commerce e para outros modelos de negócio, que não são tão importantes.

Essas são as chamadas métricas de vaidade (como por exemplo o número de curtidas no Instagram ou o número de visitas no seu site), que muitos gestores acabam medindo, mas que não dão muita informação em relação a estratégia da companhia e se ela está performando bem ou não. 

Por isso, é necessário ter bastante cuidado com quais métricas são realmente importantes ou não. E focar nas que podem se transformar em KPIs e trazerem informações estratégicas de venda e conversão para o seu negócio.

Porque se preocupar com as métricas e indicadores?

Vamos listar algumas razões e vantagens em mensurar os resultados e performance do seu e-commerce:

Planejamento eficiente

Você deve se preocupar com métricas porque se você utilizar elas da maneira correta, vai saber se sua empresa está performando bem ou não e, mais importante ainda, vai saber quais setores estão ruins e pode traçar planos de ação para melhorar eles.

Sem medir, você tem apenas um palpite de como melhorar sua empresa e o que fazer para isso acontecer. Existe uma frase que é muito falada no mundo dos negócios atribuída ao Peter Drucker, que é: 

“Se você não pode medir, você não pode gerenciar”.

Tomada de Decisão assertiva

Outro benefício é que as métricas, além de embasar sua tomada de decisão a nível estratégico, adicionam também uma previsibilidade, podendo entender qual o valor médio das compras que acontecem no seu e-commerce e uma série de outros valores, que vão ajudar na hora de desenvolver estratégias para o setor de marketing, financeiro, vendas, entre outros.

Redução dos custos

Com uma análise das performances e resultados obtidos no seu e-commerce, é possível enxergar quais ações e campanhas estão dando certo ou não. 

Dessa forma, é possível direcionar os seus investimentos e recursos de forma otimizada, evitando prejuízos e despesas desnecessárias.  

Além do mais, caso sua empresa não faça uma análise estratégica do negócio como um todo, existem grandes chances de oportunidades de crescimento serem desperdiçadas.

Segmentação para o seu nicho de mercado

Para finalizar, com as métricas que você consegue obter em relação aos clientes que compram do seu e-commerce, estabelecer qual o seu perfil ideal de cliente e traçar estratégias mais eficazes para este tipo de público.

Alguns dos exemplos que podem ser feitos são:

  •  Utilizar uma linguagem que engaje mais esse tipo de público nas redes sociais
  • Segmentar suas campanhas de mídia paga de acordo com esses parâmetros
  • Direcionar campanhas de e-mail e promoções exclusivas para esse público

Além dessas, existem diversas outras ações que podem ser realizadas e, a partir de todas elas, você pode conseguir vender mais, pois, estará sempre testando e medindo essas novas estratégias.

Quais são as principais métricas de e-commerce?

Entenda abaixo quais são as quatro principais métricas para um e-commerce:

CAC: Custo de Aquisição de Clientes

O Custo de Aquisição de Clientes ou CAC é a soma de tudo que você investiu para gerar aquele determinado números de clientes dividido pela quantidade de clientes adquirida. Portanto, quanto menor o CAC, melhor para o seu negócio, pois ele estará gastando menos para conquistar clientes.

Se você quiser calcular o CAC é só fazer essa conta:

CAC = Soma de Todos os Investimentos em Marketing e Vendas(R$)

________________________________________________________________

Número de Novos Clientes Conquistados (#)

Dessa forma, você deve ter anotado todos os gastos em marketing e também para o time de vendas, caso você possua um, isso inclui também os salários de seus colaboradores.

Exemplo de cálculo para custo de aquisição de clientes:

Se sua empresa teve R$10.000,00 investidos em marketing e vendas e adquiriu nesse período 200 novos clientes. Seu CAC será de :

R$ 10.000 / 200 = 50

Nesse caso, seu Custo de Aquisição por cliente será de R$50,00.

Caso você queira dobrar seu número de clientes, basta multiplicar 50,00 por 400 clientes. Nesse caso você saberá que deve investir R$20.000,00 para atingir a sua meta.

É muito importante relacionar o CAC com o consumo médio de cada cliente. Nesse caso, ele deve ser maior que esse valor de aquisição, basta dividir o CAC pelo consumo médio dos seus clientes.

Se o resultado for maior que 1, significa que você está no prejuízo e que deve mudar de estratégia ou aumentar o preço dos seus produtos para conseguir chegar a um índice igual ou menor que um, que é o ideal para qualquer modelo de negócios.

Taxa de Conversão

A taxa de conversão é representada pelo número de visitantes do seu site que realizaram alguma ação no site (compra ou clique em um CTA por exemplo) dividido por o número total de visitantes do site. Portanto, quanto maior for ela, melhor será para o seu e-commerce.

Taxa de Conversão = Nº de visitantes que fizeram alguma ação

________________________________________________________________

Nº total de visitantes no site ou página 

Se a taxa de conversão está baixa, você deve conferir a velocidade do seu site, a navegabilidade da página, o layout, a copy que foi feita e tudo que está relacionado às suas landing pages e principalmente à experiência do usuário, para otimizar elas. 

Inclusive, veja se a oferta que você está fazendo é realmente boa ou não e cheque todos os processos de pagamento, descrição de produtos e até de copy das campanhas que atraem visitantes.

Ticket médio

O tícket médio é muito importante, pois, ele é o valor médio que um cliente gasta em seu e-commerce em um determinado período de tempo. Ele é calculado a partir da soma do montante em vendas (R$)  dividido pelo Número de vendas realizadas.

Basta fazer a seguinte conta:

 Ticket médio = Soma do total de suas vendas (R$) / Nº de vendas realizadas no mesmo período

A partir dele, você consegue entender se o seu cliente está gastando muito ou não dentro do seu site. Além disso, ele lhe dá a informação de quantos clientes você precisa para chegar na sua meta de faturamento, ou até, que possíveis ações você pode fazer para estimular o aumento do ticket médio.

Quanto maior o ticket médio, melhor para a empresa, pois, isso significa que as pessoas podem estar comprando mais de um produto ou comprando produtos mais caros dentro do site.

Taxa de Abandono de Carrinho

O abandono de carrinho é a métrica medida em porcentagem que é calculada a partir da seguinte fórmula

Taxa de Abandono de Carrinho = ((Nº de compras de um produto / Nº de carrinhos criados) -1) x 100.

Quanto maior a taxa de abandono de carrinho, pior, pois isso significa que as pessoas clicaram no produto, colocaram ele no carrinho, mas, por algum motivo, decidiram por não finalizar a compra.

Dessa forma, você pode enviar um e-mail de lembrete pra essa pessoa, fazer remarketing para quem abandonou carrinho e utilizar diversas outras estratégias para fazer com que essa taxa seja a menor possível.

Contudo, o ideal é entender também porque as pessoas estão fazendo isso e uma boa ferramenta é utilizar o Hotjar (vamos falar dele mais logo logo aqui no nosso texto), para rastrear como os usuários estão interagindo com as páginas do seu site e tentar formular melhores hipóteses de porque eles estão abandonando o carrinho.

Ferramentas para métricas de e-commerce

Aprenda três ferramentas para métricas de e-commerce que podem te auxiliar:

Google Analytics

Uma ferramenta bastante útil para ter excelentes métricas de e-commerce é o Google Analytics, que vai te ajudar a entender melhor o comportamento dos visitantes do seu site. Através dele você consegue descobrir o canal de vendas que está mais atraindo visitantes, taxa de rejeição, qual a quantidade de pessoas que visitam seu site, qual seu principal fluxo de conversão e vários outros dados.

Canais de conversão no Google Analytics

Cabe ressaltar que essa é uma ferramenta gratuita, simples de utilizar e que existem diversos cursos do próprio Google que te ensinam como usar ela, alguns destes com aulas voltadas para e-commerces

Hotjar

O Hotjar é útil para que você possa identificar como o usuário interage com sua página, onde ele clica, até onde ele rola a barra de navegação e diversas outras informações que vão te ajudar a ter insights e construir uma melhor landing page para o seu lead. 

mapa de calor hotjar

Umas das funcionalidades mais utilizadas são os recursos de gravação de tela (no qual o site grava todas as ações do usuário no site) e também a função de criação de mapas de calor para entender as áreas menos visualizadas de cada página.

A ferramenta possui uma conta demo gratuita que tem recursos limitados, mas que pode ser muito útil para e-commerces que são muito novos.

Google Optmize

Através do Google Optmize, você consegue fazer teste A/B na sua landing page e tentar identificar qual dos dois modelos de página trás mais conversões e resultados. Dessa forma, você pode utilizar o Google Optmize combinado com o Hotjar e o Google Analytics.

Soluções de personalização e testes A/B para sites – Google Optimize

Utilizando essas ferramentas em conjunto, é possível entender quais suas páginas que mais convertem e geram tráfego e testar hipóteses A/B a partir dos insights gerados no Hotjar, dessa forma, você conseguirá fazer testes que podem vir ser muito eficientes, aumentar sua taxa de conversão, diminuir seu CAC e reduzir também o abandono de carrinhos.

Além dessas ferramentas, com o Magis5, você gerencia de forma integrada e automatiza diversos processos de venda online nos marketplaces, dessa forma, você consegue gerir ele e analisar relatórios de pedidos, vendas e gestão para e-commerce de uma melhor maneira, conseguindo cada vez mais focar em dar uma boa experiência ao seu cliente.

Se quiser saber mais sobre como metrificar de maneira simples e automatizada os dados do seu e-commerce, entre em contato conosco.

Decole suas vendas com o Magis5Powered by Rock Convert

Comentários

Vinicius Ribeiro

Vinicius Ribeiro

Gerente de Marketing no Magis5, mineiro apaixonado por inovação, tecnologia e transformação digital. Para falar com Vinícius, basta enviar um e-mail para vinicius.ribeiro@magis5.com.br