A manutenção de uma boa gestão de armazenagem começa com a definição de alguns conceitos, e um deles é o SKU (Stock Keeping Unit) ou Unidade de Manutenção de Estoque. 

Mas afinal o que é SKU? É um código utilizado na gestão de armazenagem, que tem como objetivo atribuir uma codificação única aos produtos e facilitar na manutenção e gestão do controle de estoque. 

Operar uma infinidade de produtos em um e-commerce por exemplo, parece algo muito distante e quase que impossível de se controlar. É aqui que o código SKU entra para te ajudar nessa gestão. 

Ele é uma forma de atribuir a cada item um código de identificação, isso facilitará o controle do seu estoque e ajudará na separação por categorias e grupos. Pensando em marketplaces, os benefícios são muitos, portanto entender como esse conceito funciona é de suma importância. 

Vamos ver nesse post todos os detalhes sobre o que é SKU. Veja abaixo:

O que é SKU – Significado

SKU (Stock Keeping Unit) ou traduzindo para o português Unidade de Manutenção de Estoque, são códigos utilizados para cadastro único de cada produto do seu estoque. Ou seja, é como se cada mercadoria do inventário da sua loja virtual tivesse um RG para identificação.

Através dele é possível gerenciar a sua cadeia de suprimentos e controlar os estoques de uma maneira mais segura e confiável. 

Você pode utilizar esse código para determinar as categorias de produtos que estão no estoque. Com uma codificação padronizada o cadastro fica mais fácil, dessa forma o seu controle é mais seguro trazendo mais produtividade para toda a equipe do estoque. 

Para que serve o SKU

O SKU é fundamental para a organização do estoque de produtos e uma boa gestão financeira. Fazer o acompanhamento de entrada e saída através dos códigos de cada mercadoria, torna o processo mais eficiente e claro. 

Com os produtos organizados e codificados é possível ter um nível de estoque satisfatório para a organização, seja de forma física ou um ecommerce por exemplo. Portanto, fazer o bom uso dessa atividade garante um melhor atendimento para o seu cliente. 

Quais são os benefícios em usar SKU

Ao começar a utilizar o SKU para o seu controle de estoque, o trabalho de localização de algum produto é mais rápido. Mas, outros benefícios também são encontrados quando você faz uso dessa metodologia. 

Veja abaixo 5 benefícios em adotar o SKU para sua loja virtual:

Mais produtividade

Ter mais produtividade é um dos benefícios mais desejados por toda a organização, com a utilização de SKU na sua estrutura você consegue ter mais eficiência na execução dos trabalhos de gestão do estoque, consequentemente isso trará mais produtividade.

Melhor organização

Um dos grandes desafios encontrados na gestão e controle do estoque é a organização do ambiente, produtos, prateleiras, localização e etc. Com a utilização do SKU é possível classificar os produtos em diferentes formatos para poder armazenar de uma forma mais organizada e de fácil acesso para a logística.

Comunicação mais eficiente

Como o SKU trabalha com codificação para os produtos, a comunicação para poder identificar e localizar um item é muito mais assertiva. Portanto, quando você utiliza uma sequência lógica de números para codificar os seus produtos, certamente a comunicação é facilitada.

Ajuda na Expedição dos produtos

Na hora da expedição, ter a codificação correta facilita o trabalho de localização do produto para ser enviado ao setor de embalagem. A organização do estoque através do SKU, garante que essa atividade seja feita com mais rapidez e garantia no envio do produto.

Controle de estoque

Ao utilizar o SKU cada produto terá uma codificação única, ou seja, isso irá facilitar o trabalho de controle do estoque. Cada SKU terá a sua codificação e localização, portanto quando você pensar em fazer um inventário, por exemplo, a garantia que o estoque estará em um nível de confiança desejado será maior.

Como criar SKU de um produto?

A ideia para se criar um SKU tem que partir de que ele servirá para organizar o estoque de produtos. Com ele será possível identificar os produtos por categorias, famílias, cor, marca e etc. 

Para conseguir criar bons SKU’s é muito importante estar atento em alguns pontos. Vamos ver algumas dicas importantes para você seguir na hora de criar um SKU para o seu e-commerce:

  1. Um código personalizado para cada produto

Cada produto precisa ter o seu próprio SKU, dessa forma você consegue diferenciar os produtos entre si e organizar melhor seu estoque. 

Um mesmo produto pode ter diferentes sequências alfanuméricas para o controle de diferentes lojistas.

  1. Ter informações essenciais do produto

Na hora de elaborar o seu código SKU, é importante que ele contenha somente as informações mais importantes do produto. Portanto, partindo da ideia de que o SKU terá uma codificação curta e objetiva, faça uma análise do produto e inclua somente o que for mais relevante. 

  1. Codificação curta

Buscando otimização de processo de localização e identificação de cada produto, criar códigos curtos é uma prática muito mais eficiente na elaboração do seu SKU. 

Exemplo de SKU:

Um SKU normalmente é composto por algumas informações: o fabricante do produto, descrição do produto, tamanho e cor. Vamos ver um exemplo de como seria um SKU de um televisor:

SKU – MB-LCD-42-P

  • MB – fabricante
  • LCD – descrição do produto
  • 42 – tamanho (42 polegadas)
  • P – cor (Preta)

Por fim, para deixar claro a importância de utilizar o SKU na sua gestão vejamos mais informações:

  1. São mais eficientes na gestão de estoque;
  2. Fácil interpretação das pessoas;
  3. Únicos para cada tipo de negócio;
  4. Maior organização dos seus produtos. 

O que é SKU do vendedor?

SKU do vendedor é um código identificador que os vendedores utilizam para mapeamento, análises e estudos dos produtos que foram vendidos. A compreensão dessas informações sobre cada SKU é essencial para a tomada de decisão. 

O vendedor poderá fazer uma busca sobre determinado produto através do seu código SKU. Facilita na hora de passar alguma resposta para cliente.

O que é SKU de e-commerce?

O SKU de e-commerce é o código utilizado para cada produto existente na sua loja virtual, tornando o estoque mais inteligente e otimizado para a gestão dessa cadeia. 

Com ele você certifica que cada produto terá a sua identificação, facilitando o controle sobre cada um. Posteriormente, quando um produto é vendido, você consegue identificar rapidamente essa venda e com o SKU você garante que o produto certo é que será embalado e expedido para o cliente. 

Uma grande vantagem encontrada é que você consegue analisar os anúncios de produtos codificados, podendo propor melhorias nos seus anúncios para conseguir posições melhores nos resultados de buscas. 

Veja alguns motivos para utilizar o SKU no e-commerce:

  • Controle de estoque: Tenha certeza das quantidades disponíveis no seu estoque. Facilidade para controle físico e para inventários. 
  • Logística: Maior facilidade para encontrar o produto dentro do estoque. Evitando desperdício de tempo na procura e no transporte para o setor de embalagem e expedição. 
  • Especificações técnicas: Facilita na identificação de produtos com variações. Cada detalhe das especificações do produto é levado em consideração na hora do cadastro, portanto é possível ter essa diferenciação. 

Utilizar esse recurso no seu processo de armazenagem de produtos e garantir que sempre terá uma quantidade mínima para atendimento do seu cliente, torna-se uma estratégia eficiente para o atendimento geral. 

SKU x EAN O que muda?

É importante que você conheça um outro conceito muito adotado no mercado para cadastro de produto e controle do estoque. É o código EAN – European Article Number, traduzindo para o português Número de Artigo Europeu.

Confira aqui o nosso artigo explicando um pouco mais sobre o código de barras EAN.

Apesar dos dois códigos serem semelhantes, eles não devem serem confundidos. Cada um, possui um papel fundamental na sua gestão de estoque, e muitas vezes, acabam se tornando obrigatórios para algumas atividades. 

Com o bom uso dessas duas ferramentas, você garante mais eficiência no seu processo de logística, aumentando a segurança e confiabilidade do seu gerenciamento de estoque. 

Qual é a Diferença entre SKU e UPC?

Seguindo a mesma lógica do código EAN, o UPC é uma sigla usada nos Estados Unidos e no Canadá e é composto por somente 12 dígitos. Veja as principais diferenças na tabela abaixo:

Tabela com as principais diferenças entre código SKU x UPC

Ferramenta para criar SKU

Os empreendedores que trabalham com marketplaces lidam diariamente com um volume muito grande de itens, informações, pedidos e dados. Para facilitar e ajudar na organização desse trabalho o SKU é um poderoso aliado nessa tarefa. 

Nos E-commerces, o SKU pode ser conectado de forma fácil por meio de hubs de integração inteligentes que automatizam esse processo.

A ferramenta Magis5 pode ser uma excelente opção para criar SKU, pois caso você não tenha nenhum código em mãos, a própria plataforma cria uma sequência de SKU para facilitar a logística e o controle da operação da sua loja virtual.

A importância do SKU para o seu estoque

Agora que você descobriu o que é SKU, fica mais fácil de entender a sua importância dentro do seu negócio. Ou seja, pensar em ter um processo confiável de armazenagem e distribuição de produtos passa por ter SKU’s bem estruturados e cadastrados. 

O código SKU é um ponto chave para o seu e-commerce ter sempre disponível uma quantidade mínima de produtos para atendimento de pedidos. Portanto, elaborar um bom planejamento para o cadastro do SKU é fundamental para se ter resultados positivos. 

Afinal, compreender o que é SKU é também uma estratégia de negócio que será refletido em resultados satisfatórios. Saber com agilidade e confiança quais os produtos estão estocados para serem comercializados e vendidos, é garantir receitas para a sua empresa.

Comentários

Vinicius Ribeiro

Vinicius Ribeiro

Gerente de Marketing no Magis5, mineiro apaixonado por inovação, tecnologia e transformação digital. Para falar com Vinícius, basta enviar um e-mail para vinicius.ribeiro@magis5.com.br