A Black Friday 2022 está mais perto do que você pensa, e é o momento para o lojista não somente se preparar para este período intensivo de vendas, mas também ter um panorama sobre como anda o mercado nesse ano e nos anteriores.

Desta forma, terá mais perspectivas sobre como deve agir, quais produtos irão entrar, e, até mesmo, avaliar se realmente vale a pena para sua loja entrar na Black Friday 2022, que engloba não somente o dia 25 de novembro, mas todo o período da  “Black November” e a Cyber Monday.

Mas não se preocupe, neste artigo você encontrará formas de se preparar para ter uma melhor gestão para seu negócio e garantir ter mais clientes durante e após o período da Black Friday 2022. Tenha uma boa leitura!

Cenário para a Black Friday 2022

imagem ilustrativa de carrinho de vendas
O cenário para Black Friday 2022 tem diversas variantes a serem consideradas

O cenário brasileiro e mundial ainda sofre com os impactos que a pandemia trouxe nos últimos 2 anos. O que conta com consumidores mais inseguros em gastar sua renda em produtos além de suas necessidades básicas e lojistas menos propensos a oferecer descontos para suas mercadorias.

Compras feitas por impulso, por exemplo, podem se tornar menos frequentes. Em uma pesquisa da Statista chamada Thanksgiving & Holiday realizada em 2016, empresa alemã especialista em dados de mercado e consumidores, no período da Black Friday as pessoas estavam mais dispostas a comprar produtos como: roupas, sapatos, eletrônicos e jogos por impulso se caso vissem bons descontos.

Com o PIB (Produto Interno Bruto) com uma previsão de crescimento para abaixo de 0,5%, o dólar em alta, a taxa SELIC e a inflação alta no Brasil e no mundo, o cenário parece não favorecer o período da Black Friday 2022. 

Também é importante analisarmos outros dados sobre empreendedorismo brasileiro, por exemplo, de acordo com o SEBRAE mais de 3,9 milhões de empreendedores abriram um novo negócio no país, o que reflete também sobre o cenário da pandemia que fez as pessoas partirem para ganhar novas formas de renda.

No cenário mundial, tivemos problemas em 2021 na cadeia de suprimentos, por exemplo, que afetaram o estoque do lojista no período de feriados, o qual incluiu a Black Friday.

Através dessas informações podemos perceber que o seller poderá ter maiores dificuldades e até mesmo mais concorrência, portanto é importante se perguntar: será mesmo que você deve ofertar seus produtos no período da Black Friday 2022? 

Previsões para a Black Friday 2022

Homem mostrando dados em reunião
Entender as previsões da Black Friday 2022 vai te tornar capaz de estar melhor preparado para vender

Especialistas e diversas plataformas de e-commerce, ainda estão incertos sobre as previsões da Black Friday 2022, porém, apesar das negativas, é importante frisar o quão este período consegue impactar um negócio.

Os últimos 2 anos, por exemplo, que foram marcados pela pandemia, tiveram no período de 2021 um faturamento de 4,2 bilhões em vendas, um crescimento de 5% em relação a 2020, que teve 4,02 bilhões (crescimento de 25,1% em relação à pré-pandemia, em 2019), de acordo com dados da NielsenIQ Ebit.

Com mais pessoas em casa, o crescimento ocorreu principalmente no e-commerce, enfraquecendo as lojas físicas. Mas vale ressaltar que, apesar de o total de vendas de 2021 ter sido maior que em 2020, o número bruto de pedidos diminuiu.

Já este ano, as lojas estarão oferecendo mais ofertas em todos seus canais, sejam digitais ou físicos, afinal, com a melhoria da pandemia, o consumidor está mais confiante em ir pessoalmente aos estabelecimentos. 

A CNN informou que as vendas em lojas físicas em maio cresceram 13,4% em relação ao mês anterior, enquanto as de e-commerce no varejo aumentaram somente 2,8%, o que reforça, novamente, uma nova mudança nos hábitos dos consumidores, que estavam cansados de permanecerem em casa.

Em complemento, em recente pesquisa realizada pela Globo, relata que 50% dos consumidores brasileiros pretendem realizar compras na Black Friday em 2022, e trás à tona um importante evento que ainda ocorrerá este ano em uma data próxima, a Copa do Mundo.

Com a Copa do Mundo, a pesquisa também mostra que 56% querem comprar artigos relacionados ao tema, e destes 72% possuem a intenção de consumir na Black Friday 2022. Confira o gráfico abaixo.

gráfico ilustrativa de dados da Copa do Mundo 2022
Imagem retirada de pesquisa da Globo a respeito da relação Copa do Mundo e Black Friday 2022

Para você que deseja entrar no período da Black Friday 2022, é importante analisar já essas possibilidades, se possível, de possuir artigos da Copa do Mundo, e, igualmente, se possuir tanto um e-commerce quanto loja física, construir um canal omnichannel para que seus clientes possam aproveitar suas ofertas independente de onde compram.

Atualmente, o período da Black Friday não cabe somente no dia específico, mas, sim, no mês de novembro inteiro (o qual as lojas chama de Black November) e também na Cyber Monday, ou até mesmo já no mês anterior, em outubro, há lojistas que começam suas ofertas e clientes que buscam esses descontos o quanto antes.

Todavia, não cabe apenas ter boas intenções para conseguir aumentar seu faturamento na Black Friday 2022, mas, sim, ter preparação e estratégias que te possibilitarão ganhar mais clientes e lucratividade. 

Continue lendo este artigo para entender melhor sobre quais áreas de sua empresa é necessário ter atenção na Black Friday 2022.

Fatores a serem considerados para a Black Friday 2022

Em todo e-commerce é preciso estar atento a fatores que influenciam diariamente sobre as suas operações e suas vendas, afinal, o seu cliente não vai ser compreensivo se você vender um produto em um marketplace que já não tenha mais estoque e acabe tendo que cancelar a venda, por exemplo.

Então, você irá conferir 4 fatores para o seller ficar atento em um período de altas vendas e velocidade como a Black Friday 2022:

  1. Produtos: quais escolher para dar descontos?
  2. Fornecedores: por que devo ter um contato com eles desde agora?
  3. Expedição: irei conseguir enviar tudo no prazo?
  4. Preciso de mais funcionários para o período da Black Friday?
imagem ilustrativa sobre os fatores a serem considerados na black friday 2022
Fatores para o seller prestar atenção na preparação da Black Friday 2022

1. Produtos: quais escolher para dar descontos?

A escolha de seu portfólio de produtos é uma das primeiras ações que você deve ter em mente para se preparar para Black Friday 2022, e, para pensar nisso, é necessário saber quais mercadorias possuem melhor margem para aplicar descontos mais significativos ou não sem que sua loja acabe tomando prejuízo.

Uma análise sobre quais produtos afetam mais o faturamento da sua empresa também é importante para ter decisões mais assertivas para aplicar os descontos.

Utilizar os fundamentos da estratégia Curva ABC te ajudará nesse processo, os quais, basicamente, orientam que produtos que estão parados em seu estoque há mais tempo e com baixas vendas, se enquadram na categoria C e devem ter descontos maiores para haver movimentação.

Estratégias de gerenciamento de estoque como FIFO, FEFO e LIFO também podem te auxiliar neste controle para vender produtos que estão parados ou vencidos — em caso de perecíveis.

Produtos de baixo custo, também podem se tornar iscas ao serem ofertados com preços ainda menores, o que pode se tornar uma oportunidade para que seu cliente compre junto a ele algum outro mais caro

A estratégia chamada cross selling estimula que o consumidor compre produtos complementares ao visualizar um anúncio para aumentar o ticket médio da venda. Você já deve ter visto em algum marketplace algo como “outras pessoas também compraram” logo abaixo da imagem da mercadoria, certo? 

Essa estratégia aliada a Curva ABC pode fazer a diferença em suas vendas na Black Friday 2022, principalmente caso queira queimar produtos que estão parados há tempos em seu estoque. 

2. Fornecedores: por que devo ter um contato com eles desde agora?

Para estar preparado para o mês da Black Friday 2022 é necessário manter um contato direto e transparente com seus fornecedores desde agora, pois cada vez que se chega mais perto do período, mais pessoas estarão encomendando produtos, o que pode gerar um aumento do prazo para você receber suas mercadorias.

Imagina chegar novembro e, quando você for vender, o seu estoque ainda não está da maneira que você planejou? 

Desta maneira, o lojista deve conversar com seus fornecedores e lembrar que eles são parceiros para o seu negócio e que necessitam de comunicação para que os processos ocorram corretamente.

Com uma boa gestão de estoque, você terá maior previsibilidade de quanto irá vender, principalmente se já esteve presente em outras Black Friday, e irá encomendar seus produtos com seus fornecedores em prazos razoáveis para que possa receber suas mercadorias antes do alto período de vendas.

imagem de um entregador com encomendas
Ter controle de seu estoque e uma expedição mais rápida são essenciais para este período

3. Expedição: irei conseguir enviar tudo no prazo?

Ter uma expedição rápida e sem erros é fundamental para conquistar clientes e conseguir aumentar sua reputação nos marketplaces. Porém, com maior demanda na Black Friday 2022, organizar-se para ter entregas mais rápidas é um processo que precisará de ainda mais planejamento prévio.

Para conseguir uma expedição mais ágil, você pode investir em soluções logísticas que os próprios marketplaces oferecem a seus vendedores parceiros, as chamadas fulfillment, como o Mercado Envios Full. Porém, é necessário ter uma alta reputação nas plataformas, que armazenarão seus estoques em centros de distribuição para que haja entregas rápidas e até no mesmo dia.

Ter uma boa eficiência nas entregas também permite que marketplaces deem benefícios como cobrar menos do lojista quando ele oferecer frete grátis a seus clientes.

Mas caso você esteja iniciando nos marketplaces e ainda não conseguiu ter uma alta reputação, é sempre bom ter a prática de ter prazos honestos a seus clientes, respeito o tempo correto para que ele não se frustre ao ter que receber produtos que informam chegar em 5 dias e receber após 15.

4. Preciso de mais funcionários para o período da Black Friday?

Períodos com maior fluxo de vendas como no final de ano, onde temos muitos feriados e os consumidores estão mais propensos a gastar, sempre foi uma prática comum de varejos e comércios contratarem mais pessoas temporariamente para atender suas demandas.

Contudo, lojistas que estão iniciando no e-commerce precisam ter em mente que é necessário ter um controle de gastos maior, pois na Black Friday 2022 você tirará parte de seu lucro ao atribuir descontos em seus produtos.

Tudo dependerá de seu planejamento, é claro, afinal cada negócio possui suas dores e não há como atribuir uma resposta genérica a esta pergunta, porém, há alternativas com menores custos que ajudam o lojistas em processos operacionais, como hubs de integração e automação.

Essas ferramentas são capazes de dar mais economia de tempo e automatizar processos manuais, entre outros benefícios, mas mais a frente você poderá conhecer um pouco mais sobre essa e outras tecnologias, então continue a leitura e aproveite mais dicas para ter sucesso nessa Black Friday 2022.

(EXTRA)Análise de concorrentes

imagem de um homem analisando dados em um tablet
Analisar dados sempre é importante, principalmente de concorrentes

Analisar seus concorrentes é uma prática que deve ser feita diariamente para o empreendedor. Seja de concorrentes diretos ou indiretos para seu negócio, afinal, através dessa análise você poderá:

  • Ver as ações que estão tomando durante o período até a Black Friday, em redes sociais, por exemplo;
  • Em quais canais de vendas estão;
  • Seus preços, ofertas até o momento e portfólio de produtos.

Através dessas consultas, você pode ter novas ideias para aplicar ao seu negócio, não somente basear a competitividade de mercado em preços, afinal, o seu concorrente pode até dar um desconto maior, mas seguir a mesma linha pode lhe causar prejuízos.

Há outras formas de conquistar clientes na Black Friday 2022, como oferecer brindes, kits, dar benefícios a consumidores que voltam a comprar com sua loja, utilizar o unboxing para criar o efeito surpresa e até mesmo ter a possibilidade de seu produto ser marcado nas redes sociais, entre outras oportunidades. Cabe a você pensar nas possibilidades existentes para seu nicho.

Práticas essenciais para a Black Friday 2022

Além de pensar nos itens citados anteriormente com antecedência, uma loja precisa investir em ações e práticas que atraiam novos clientes e conquistem os que já possui para se tornarem embaixadores da marca e, assim, atrair cada vez mais pessoas interessadas em comprar.

Para tal, a seguir há algumas práticas e alternativas não somente para conquistar novos consumidores, mas também para melhorar os processos de seu e-commerce nesta Black Friday 2022, como:

  1. Investir em estratégias de Marketing Digital
  2. Priorizar o atendimento ao cliente
  3. Estar em mais de um marketplace e como aproveitar esses grandes sites?
  4. Utilize ferramentas digitais para melhorar seu desempenho

1. Investir em estratégias de marketing digital

imagem ilustrativa de redes sociais e marketing
Redes sociais como ferramentas para crescer

Mesmo para um lojista que está iniciando sua loja e ainda está integrado em poucos marketplaces, é importante começar a investir em estratégias de marketing digital, as quais não precisam necessariamente de um grande volume de investimento para serem assertivas. 

De acordo com uma pesquisa de 2020 realizada nos EUA pela Boston Digital, agência de marketing digital especializada em pesquisas da área, 65% dos consumidores estão mais propensos a comprar em marcas que já acompanham a mais de um mês.

Ao pensar nisso, você pode iniciar por suas redes sociais, como Instagram e Facebook. Através delas, é interessante manter seus consumidores informados sobre quais produtos entrarão em descontos o quanto antes e criar o desejo de antecipação com conteúdos alinhados a seus interesses. 

Com as redes sociais, você também pode dar cupons de descontos exclusivos e limitados, por exemplo, e até incentivar seguidores a compartilhar para seus colegas para ganhar algo.

Para aqueles dispostos a investir mais um pouco, e-mails marketing são formas efetivas de converter vendas. Em 2017 a Shopify realizou uma pesquisa que apontou que e-mails na Black Friday e Cyber Monday converteram mais que outras fontes de atração como redes sociais, e, atualmente, o e-mail marketing continua sendo uma poderosa ferramenta.

.

gráfico ilustrativa de pesquisa sobre conversão de clientes
Gráfico retirado da Shopify a comparando a conversão de e-mails, pesquisa orgânica, contato direto e de redes sociais

Porém, para realizar campanhas de e-mails é necessário ter uma base de clientes e ferramentas que realizem segmentações e automações como HubSpot, além de ter formas para conseguir o e-mail de seu potencial cliente, como em landing pages, aquelas páginas que você tem formulário para preencher seus dados e ganhar um conteúdo ou um desconto, por exemplo.

2. Atendimento ao cliente

Atender ao cliente de forma humanizada e transparente sempre é uma forma de garantir que ele volte a seu estabelecimento. Esse é um princípio que também se aplica a e-commerces, independente que estejam somente presentes em marketplaces ou em sites próprios.

No período da Black Friday 2022, onde haverá uma alta demanda, pode ser algo que seja mais difícil de ser controlado. Pois, possivelmente, sua loja receberá mensagens de chats de diferentes plataformas, como nos marketplaces, direct do Instagram e no WhatsApp. 

Mas é importante reservar um tempo para responder dúvidas e não os deixar esperando por muito tempo, pois na Black Friday as coisas acontecem muito rápido e o seu potencial cliente pode simplesmente procurar outra loja que o atenda de maneira mais rápida.

Vale ressaltar que o atendimento ao cliente também se enquadra no respeito aos prazos de entrega, que já foi citado, na qualidade de seus produtos, no pós-venda que você oferecerá e também em descontos honestos.

Afinal, empresas que praticam práticas como aumentar os preços meses antes e depois retornar ao preço original na Black Friday não ganham a confiança do consumidor, e eles estão cada vez mais atentos a essas práticas da dita “Black Fraude”.

É interessante que após seu consumidor receber o produto, pedir feedbacks sobre como foi o processo de compra dele e sua satisfação. Você poderá recolher bons depoimentos que até mesmo poderão ser utilizados em redes sociais como provas sociais de sua qualidade.

3. Marketplaces: como aproveitar ao máximo os grandes sites?

imagem ilustrativa de um celular com um cartão de créditos
Marketplaces: como aproveitar?

Os marketplaces como Mercado Livre e Shopee são a porta de entrada de muitos empreendedores que buscam começar a vender na internet. Para garantir que você tenha mais resultados, é necessário ter conhecimento sobre sua persona, que consiste em saber o perfil de seu cliente ideal, investir em estratégias como técnicas de copywriting para trazer descrições, títulos e até páginas de sua loja mais atrativas.

Agora, se você ainda está inseguro acerca de estar em marketplaces ou ainda está somente em 1 para o período da Black Friday 2022, é importante lembrar que ter presença em diversas dessas plataformas fará sua loja ganhar:

  • Maior visibilidade ao pegar “emprestado” a marca do site
  • Menores custos com desenvolvimento de site e suporte
  • Mais chances de vender devido a grande gama de visitantes

Vamos entender cada um desses tópicos:

Maior visibilidade ao pegar emprestado a marca do site

Os marketplaces são empresas grandes que já possuem reputação e confiança aos olhos dos consumidores. Quando uma loja está inserida dentro de sua plataforma, ela consegue pegar emprestado todo esse valor de marca para si.

O que é diferente de ter um site próprio que muitas vezes pode gerar insegurança por parte do consumidor, que terá que checar no reclame aqui, em comentários de redes sociais etc.

Menores custos com desenvolvimento de site e suporte

Através de um marketplace, você não terá que ter grandes investimentos em construir um site que precisa sempre de suporte, gastos com TI, design responsivo e se preocupar se a navegação ficará lenta por conta da alta de acessos na Black Friday 2022. 

Os investimentos em estrutura de marketplaces grandes como Mercado Livre são grandes para que o seu consumidor tenha uma boa experiência de compra através tanto do site quanto no aplicativo.

Mais chances de vender devido a grande gama de visitantes

O grande atrativo dos marketplaces, é claro, é a potencialidade de poder vender mais devido ao grande número de acessos que esses sites recebem diariamente. E, caso, você ainda esteja inseguro em estar em mais de um marketplace, é bom lembrar que ao estar em múltiplos canais, sua loja ganhará mais reconhecimento por parte de seu público.

Leia mais sobre estar em múltiplos canais neste artigo: E-commerce: Quais são os principais erros do empreendedor em seus canais de venda?

Apesar de também haver bastante concorrência, ter uma boa gestão, estratégias assertivas e práticas que conquistem os clientes farão que seu negócio se destaque e ganhe mais reputação, e, como consequência, venda mais.

4. Tecnologia e ferramentas do mercado são seus aliados

imagem de um smartphone com aplicativos
A tecnologia está evoluindo para cada vez ajudar mais o gestor

Frequentemente aparecem cada vez mais ferramentas que auxiliam o lojista a melhorar seus processos operacionais através de recursos de automação e integração, algo essencial para períodos que demandarão agilidade como a Black Friday 2022.

Atualmente, ter economia de tempo é essencial para dar conta de uma grande quantidade de tarefas que um e-commerce demanda, independentemente se você tem diversas lojas ou ainda está no começo de sua jornada de empreender.

Neste artigo, você já pôde conferir algumas das ferramentas que falam sobre automação de e-mails, por exemplo, e até mesmo os marketplaces, que são excelentes plataformas para diminuir investimentos com TI e desenvolvimento de um site, além de possuir ERPs que auxiliam na gestão de um negócio.

Contudo, retornando aos hubs de integração e automação, eles são essenciais para você que está disposto a estar em múltiplos marketplaces e precisa ter mais agilidade com processos operacionais. Através de um hub, o lojista poderá:

  • Publicar anúncios nos múltiplos marketplaces em uma única plataforma
  • Cadastro de produtos de forma automática
  • Gerenciar múltiplos CNPJs em um só lugar
  • Automatização da expedição
  • Impressão de Notas Fiscais e etiquetas de forma automática

Dessa forma, você não precisará passar o dia e a noite inteira na Black Friday 2022 expedindo pedidos manualmente, o que demandará muito tempo seu ou de sua equipe, e estará melhor preparado para caso houver adversidades.  

Para conhecer melhor sobre o hub de automação e gestão de e-commerce Magis5, clique no banner abaixo.

Magis5

Vale realmente a pena eu participar da Black Friday 2022?

homem com dúvida no notebook
Sua loja está preparada para a Black Friday 2022?

O período da Black Friday está cada vez mais nas mentes dos lojistas e dos consumidores. Os dois lados querem tirar benefícios, e, para o lojista uma dica extra: coloque-se no lugar de seu consumidor, pois você também é um.

O mês de novembro se tornou um evento de movimentação comercial e, mesmo o cenário da economia mundial ainda não estar estabilizado, a Black Friday 2022 ainda gerará muitas oportunidades de adquirir mais clientes e faturamento.

Todavia, cada negócio é diferente, e cabe a cada empreendedor analisar se valerá mesmo a pena atribuir descontos para seus produtos. Por isso, é importante analisar os fatores que trouxemos aqui neste blog, para ver se sua empresa está alinhada à alta demanda que virá.

Se houver muita insegurança, talvez seja necessário se preparar melhor para o próximo ano do que ter riscos de tomar prejuízos e afetar toda a sua empresa.

Por fim, espero que todas essas informações e dicas tenham sido úteis para você e sua loja, e compartilhe com colegas para que eles também se atentem à chegada da Black Friday 2022. 

O Magis5 possui uma plataforma com diversos conteúdos ricos, basta assinar nossa newsletter e não perder nada do que virá!

Você ainda não se sente completamente pronto para atuar nos mais diversos marketplaces?

Nós, do Magis5, preparamos um evento gratuito e 100% online nos dias 16, 17 e 18 de agosto para você que quer descobrir os maiores problemas do seu e-commerce, os quais podem te impedir de crescer, faturar mais e escalar suas vendas! Principalmente para estar ainda melhor preparado para a Black Friday 2022.

O Modo Turbo Marketplaces te fará ficar mais confiante para atuar nos múltiplos marketplaces do mercado, mesmo se você tiver poucas vendas ao mês, ao ter conhecimento de estratégias e ferramentas para fazer seu e-commerce crescer.

Clique na imagem abaixo e se inscreva agora para garantir sua participação no evento!

Lançamento MTM

Comentários

Janiel Bruno Brasil

Janiel Bruno Brasil

Redator de Conteúdo na Magis5, apaixonado por escrever e entregar conteúdo criativo. Para entrar em contato com Janiel, envie um e-mail a: janiel.brasil@magis5.com.br